Início / Política / CBF afasta Marin e retira seu nome da fachada da sede

CBF afasta Marin e retira seu nome da fachada da sede

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, em nota divulgada na noite de ontem (27), o afastamento do ex-presidente José Maria Marin de seu quadro diretivo. Marin estava no cargo de vice-presidente da entidade.

Marin é um dos presos na investigação, conduzida pelos Estados Unidos e pela Suíça, que investiga corrupção e fraudes na Federação Internacional de Futebol (Fifa).

O brasileiro integrava o comitê executivo do organismo internacional.

A decisão da CBF foi tomada em uma reunião extraordinária na noite de ontem. Com o afastamento, o nome do ex-presidente, que batizou a sede da CBF, na zona oeste do Rio, foi retirado da fachada na manhã de hoje (28).

O afastamento, segundo a nota, vale até a conclusão definitiva do processo de investigação, que levou à prisão do ex-presidente e de outros dirigentes da Fifa, na Suíça.

Com a nota, a CBF também afirmou que, no início da gestão de Marco Polo Del Nero (atual presidente), havia decidido reanalisar todos os contratos vigentes e remanescentes da gestão anterior.

Veja a íntegra da nota:

“A CBF, no início desta noite, em reunião extraordinária, decide, em complementação à nota oficial veiculada na manhã de hoje:

1) Oferecer o adequado desdobramento à determinação da Fifa e afastar o Sr. José Maria Marin do seu quadro diretivo até a definitiva conclusão do processo;

2) Tornar pública a decisão, previamente tomada no início desta gestão, de reanalisar todos os contratos ainda vigentes e remanescentes de períodos anteriores”.

Acompanhe aqui a cobertura da Agência Brasil sobre a investigação na Fifa

Comentários

comentários

Veja Também

Publicação da ata da convenção municipal do Partido dos Trabalhadores

Publicação da ata da convenção municipal da comissão provisória de Maraú do Partido dos Trabalhados …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!