Início / Política / Relator diz que projeto da desoneração deverá ser votado no começo de junho

Relator diz que projeto da desoneração deverá ser votado no começo de junho

A votação do Projeto de Lei (PL) 863/15 do Executivo, que modifica as regras de desoneração da folha de pagamento, deverá ocorrer na primeira semana de junho, até o dia 10. A previsão foi feita hoje (20), pelo relator da matéria, deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ).

Picciani informou que amanhã (21) deverá apresentar seu substitutivo ao projeto, mas que não vê possibilidade da votação ocorrer nas próximas duas semanas.

Segundo ele, o adiamento da votação não prejudicará o governo no anúncio dos cortes orçamentários, previsto para amanhã (21) ou sexta-feira (22), até porque o governo já está se preparando para os cortes, disse.

O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informou que o projeto está na pauta de votações e que se ele não for votado amanhã só será apreciado na semana do dia 10 de junho, depois do feriado. “Se não votar essa semana ficará para junho. A semana que vem será para a votação da reforma política. Assumimos publicamente o compromisso da votação da reforma política e não vamos voltar atrás”.

O líder do PT, deputado Sibá Machado (AC), informou que não vê chances de se votar o projeto nesta quinta-feira e que a votação deverá ficar mesmo para a primeira semana de junho, até o dia 10. Segundo ele, o adiamento não representará prejuízos ao ajuste fiscal pretendido pelo governo. “Seria bom se concluíssemos tudo [votação das medidas de ajuste fiscal] nesta semana, mas não tem prejuízo deixar para o dia 10”, disse.

Comentários

comentários

Veja Também

Publicação da ata da convenção municipal do Partido dos Trabalhadores

Publicação da ata da convenção municipal da comissão provisória de Maraú do Partido dos Trabalhados …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!