Início / Mundo / Putin promete levar à Justiça assassinos de Boris Nemtsov

Putin promete levar à Justiça assassinos de Boris Nemtsov

O presidente russo, Vladimir Putin, prometeu hoje (28) fazer tudo que for possível para levar à Justiça os responsáveis pelo “vil” assassinato do opositor Boris Nemtsov, morto a tiros perto do Kremlin, em Moscou.

“Tudo será feito para que organizadores e autores de um assassinato vil e cínico recebam o castigo que merecem”, afirmou Putin num telegrama enviado à mãe de Nemtsov e publicado no portal do Kremlin.

No texto, o presidente russo diz à mãe de Nemtsov, Dina Eidman, de 86 anos, que o opositor “deixou a sua marca na história, na política e na vida pública da Rússia” e que a sua morte é uma “perda irreparável”.

Nemtsov, que foi vice-primeiro-ministro durante a presidência de Boris Ieltsin, nos anos 1990, “exerceu cargos importantes num difícil período de transição” do país, e “assumiu sempre as suas posições diretamente e com honestidade”, escreveu Putin.

O primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, também lamentou a morte de Nemtsov, “uma pessoa de princípios”, que “agia aberta e consistentemente, e nunca traía as suas opiniões”, cujo “assassinato cínico é chocante”.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!