Início / Mundo / Gripe A na Índia matou 703 pessoas desde o início do ano

Gripe A na Índia matou 703 pessoas desde o início do ano

O número de mortes causadas pela gripe A na Índia subiu para 703 desde o início do ano, com 11.071 casos de contágio, informou hoje (20) o diretor-geral dos Serviços de Saúde da Índia, Jagdish Prasad.

Jagdish Prasad confirmou a elevada incidência do vírus Influenza A (H1N1) no país asiático, cujo número representa o triplo dos casos de mortalidade do ano passado, com o registro de 216 mortes.

Ele informou que o governo está trabalhando para controlar o surto por meio de apoio logístico aos hospitais, com o fornecimento do medicamento Tamiflu, de máscaras e equipamentos de diagnóstico e informação ao público para evitar a propagação do contágio.

O governo também destacou equipes de especialistas para os estados mais afetados – Maharashtra (Oeste), Madhya Pradesh (Centro), Gujarat (Oeste), Rajasthan (Noroeste) e Telangana (Sul) – para estudar o padrão das mortes.

O ministro da Saúde, J. P. Nadda, disse nessa quinta-feira (19) às televisões indianas que “não há motivos para o pânico”, mas que é preciso ficar “alerta”, assegurando que está sendo feito um acompanhamento diário.

O governo regional de Nova Delhi, onde seis pessoas morreram devido ao H1N1 em 2014, limitou o preço dos testes da gripe A a 4,5 mil rupias (63 euros), depois de vários pacientes terem denunciado que as clínicas privadas cobravam preços exorbitantes, de acordo com o jornal Indian Express.

Na Índia, a gripe A matou 891 pessoas em 2009, 1.763 em 2010, 75 em 2011, 405 em 2012 e 692 em 2013.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!