Início / Mundo / Suspeitos de ajudar autor de atentado em Copenhague são formalmente acusados

Suspeitos de ajudar autor de atentado em Copenhague são formalmente acusados

A polícia confirmou hoje (16) que os dois homens detidos por suspeita de terem ajudado o autor dos ataques do fim de semana em Copenhague foram formalmente acusados de cumplicidade, noticiou

a Agência France Presse.

“Os dois homens foram formalmente acusados de cumplicidade”, disse à agência um porta-voz da polícia, Steen Hansen.

Segundo informou a polícia anteriormente, os dois homens, detidos no domingo (15) de manhã, são suspeitos de ter “ajudado com palavras e com atos” o autor dos ataques contra um centro cultural em Krudttonden e uma sinagoga em Krystalgade, em que duas pessoas foram mortas e cinco ficaram feridas.

A polícia não divulgou as identidades nem do suspeito dos ataques nem dos dois acusados de serem cúmplices. Segundo a imprensa dinamarquesa, o autor dos ataques é Omar El Hussein.

No sábado (14), o suspeito disparou dezenas de tiros contra um centro cultural onde se realizava um debate sobre islamismo e liberdade de expressão, matando um cineasta de 55 anos e ferindo três policiais.

Oito horas mais tarde, o suspeito atacou uma sinagoga no centro de Copenhague, matando um jovem judeu.

O suposto autor dos ataques foi morto pela polícia no domingo.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!