Início / Mundo / Brasileira grávida é morta a golpe de machado na Austrália

Brasileira grávida é morta a golpe de machado na Austrália

A morte de uma brasileira nessa segunda-feira (2), na cidade de Gold Coast, na Austrália, é a principal manchete de hoje (3) de vários jornais do país. Fabiana Palhares, de 35

anos, que vivia na Austrália há vários anos, estava grávida de 10 semanas e foi morta com um “tomahawk”, tipo de machado pequeno. A polícia prendeu o namorado da brasileira, Brock Wall, de 34 anos, principal suspeito.

De acordo com o jornal Daily Mail, Wall foi detido no quarteirão da casa onde Fabiana morava, em Varsity Lakes. Ele estava com marcas de sangue. A brasileira foi encontrada inconsciente e levada com ferimentos graves na cabeça ao Hospital Gold Coast University, mas não resistiu.

O jornal Gold Coast Bulletin informou que a brasileira já tinha denunciado algumas vezes violências domésticas praticadas pelo companheiro, o que não foi capaz de evitar a tragédia. A polícia está considerando acusar Wall por duplo assassinato, já que Fabiana esperava um bebê.

O Ministério das Relações Exteriores informou que a Assistência Consular do Itamaraty, em Brasília, já conversou com parentes da vítima no Brasil, enquanto o Consulado-Geral do Brasil em Sydney mantém contato com familiares na Austrália e com autoridades policiais australianas.

“Estamos prestando o necessário auxílio para que parentes da vítima obtenham visto para a Austrália em regime emergencial. O Itamaraty continuará prestando toda assistência consular cabível aos familiares”, informaram representantes do ministério.

O caso gerou debate sobre os casos de violência doméstica na região. De acordo com o Gold Coast Bulletin, apenas nos 34 primeiros dias de 2015 a cidade registrou três mortes supostamente praticadas por ex-companheiros das vítimas.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!