Início / Mundo / ONU pede libertação imediata de todos os reféns do Estado Islâmico

ONU pede libertação imediata de todos os reféns do Estado Islâmico

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu a libertação imediata de todos os reféns do grupo Estado Islâmico (EI), e a Jordânia prometeu fazer o possível para

salvar a vida do piloto capturado pelos militantes.

O conselho composto por 15 membros condenou no domingo (1º) o “hediondo e covarde” assassinato de um jornalista japonês depois de o grupo jihadista ter anunciado a sua decapitação.

“Os responsáveis pelo assassinato de Kenji Goto devem ser responsabilizados”, disse o Conselho de Segurança, exigindo “a libertação imediata, segura e incondicional de todos os que são mantidos como reféns” pelo EI e outros grupos com ligações com a Al Qaeda.

O governo da Jordânia, por sua vez, prometeu fazer o que puder para salvar o piloto da força aérea Maaz Al Kassasbeh, capturado pelo EI após a queda do seu avião na Síria, em dezembro.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!