Início / Mundo / STF autoriza transferência de líder da Camorra para presídio no DF

STF autoriza transferência de líder da Camorra para presídio no DF

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou hoje (28) a transferência do italiano Pasquale Scotti, líder da organização mafiosa napolitana Camorra, para o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal.

Ele foi preso na terça-feira (26), no Recife, em uma operação da Polícia Federal e da Interpol (Polícia Internacional).

Conforme a decisão do ministro, Scotti deve permanecer na Papuda até a finalização do processo de transferência para um presídio federal, onde ficará preso até o julgamento do pedido de extradição, que ainda será feito pelo governo da Itália.

Ontem (27), o italiano foi transferido para a Superintendência da PF em Brasília, onde aguardava decisão do ministro.

Scotti é apontado como fundador da Nova Camorra Organizada – subgrupo criado após a prisão do principal chefe da Camorra, Raffaele Cutolo, em 1982. Em 2005, a Justiça italiana condenou Scotti à prisão perpétua por crimes cometidos entre 1980 e 1983, entre os quais mais de 20 homicídios, porte ilegal de armas de fogo, extorsão, intimidação e ameaças.

O italiano estava foragido desde 1984 e vivia no Recife há anos, com documentos falsos, em nome de Francisco de Castro Visconti.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!