Início / Mundo / Profissionais de saúde protestam na Grécia por falta de investimentos no setor

Profissionais de saúde protestam na Grécia por falta de investimentos no setor

Centenas de pensionistas se juntaram à manifestação temendo que o governo de Alexis Tsipras imponha novas medidas de austeridade sobre o país, como a concessão para os credores internacionais – União Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional (FMI).

Os manifestantes, que encerraram o protesto em frente ao Ministério da Saúde, carregavam cartazes e faixas. Uma delas dizia “Não à degradação e à privatização do sistema público de saúde. Contratação imediata de pessoal permanente”.

O pensionista Thanassis Argiris, de 71 anos, protestava por melhor atendimento. “Para conseguir uma consulta, ou até para pegar os resultados, temos que esperar um mês, um mês e meio. Não é culpa do médico. Despediram metade dos médicos dos hospitais e clínicas”, reclamou.

Aos 80 anos, o pensionista Nikos Tsagas decidiu se juntar à manifestação. “Todos os dias estamos nas ruas, lutando, pois é o único jeito de parar essa austeridade bárbara”.

O médico e presidente do sindicato dos trabalhadores de um hospital grego, Costas Kantarachias, enfatizou que os recursos para o setor nunca foram tão poucos. “Isso não vai mudar se tivermos que pagar todos os meses essa quantia enorme de dinheiro para os credores. Entendemos que esta é a situação, mas, se essa política continuar, os hospitais ficarão em perigo”, disse.

Autoridades gregas estão numa corrida contra o relógio para garantir um acordo com os credores até o fim do mês, antes do pagamento de 1,5 bilhão de euros (cerca de R$ 5 bilhões) ao Fundo Monetário Internacional (FMI), em junho. O primeiro-ministro grego já anunciou que pagará os servidores públicos e pensionistas antes de pagar a dívida.

Se as negociações falharem e a Grécia não conseguir a liberação da última parcela do programa de ajuda de 240 bilhões de euros da União Europeia e do FMI, é grande a possibilidade de falência.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!