Início / Mundo / Ex-primeira-ministra tailandesa comparece a tribunal por acusação de negligência

Ex-primeira-ministra tailandesa comparece a tribunal por acusação de negligência

A ex-primeira-ministra da Tailândia Yingluck Shinawatra compareceu hoje (19) no Supremo Tribunal para responder por um suposto crime de negligência no âmbito do caso do programa de subvenção do arroz, implementado durante o seu mandato.

“Tenho confiança na minha inocência”, afirmou a ex-mandatária, que entrou na sede judicial em Bangoc acompanhada por uma centena de seguidores e membros do seu partido Puea Thai.

Antes de entrar, Yingluck afirmou que estava também confiante de que as provas demonstrem a sua inocência e apelou para que não haja influências externas, de modo que o tribunal faça justiça.

Yingluck, primeira-ministra de 2011 a 2014, implementou um plano de subvenções que consistia na compra de arroz aos agricultores a preços acima dos praticados no mercado.

O governo da ex-primeira-ministra armazenou o arroz comprado na expectativa que os preços aumentassem, mas este acabou por desvalorizar no mercado internacional e a Tailândia perdeu a liderança como principal exportador mundial de arroz.

Segundo a Comissão Nacional Anticorrupção, o plano resultou em prejuízos na ordem de 600 milhões de baht (cerca de 16 milhões de euros), fomentou a corrupção e causou danos aos agricultores devido ao atraso nos pagamentos.

Yingluck Shinawatra, que dirigiu o governo tailandês até ser destituída pelo Tribunal Constitucional no início de maio do ano passado, chegou a estar detida depois do golpe militar de 2014.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!