Início / Mundo / Terremoto de magnitude 7,3 atinge o Nepal

Terremoto de magnitude 7,3 atinge o Nepal

O novo terremoto de 7,3 graus na Escala Richter que sacudiu hoje (12) o Nepal deixou pelo menos quatro mortos e levou ao fechamento do aeroporto da capital, Katmandu, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

De acordo com o observatório norte-americano que monitora a atividade sísmica em todo o mundo, ocorreram ainda vários tremores secundários. O observatório indicou que o sismo de 7,3 graus ocorreu a 76 quilômetros a Leste de Katmandu, tendo sido seguido meia hora depois por um segundo abalo de magnitude 6,3 gaus.

“Segundo as informações obtidas no local, quatro pessoas morreram no desmoronamento de edifícios”, disse Paul Dillon, porta-voz da Organização Internacional para as Migrações.

Todas as vítimas foram registradas no distrito de Chautara, a leste da capital nepalesa. Os moradores ficaram em pânico com a hipótese de o novo sismo causar o colapso de edifícios já danificados.

No principal hospital da cidade, os doentes que ficaram feridos no final de abril foram retirados em cadeiras de rodas, enquanto o pessoal de saúde começou a montar tendas na área do estacionamento.

A região onde ocorreu o sismo de hoje foi a mais afetada pelo tremor de magnitude 7,8 ocorrido no dia 25 de abril e que provocou mais de 8 mil mortos.

O abalo de hoje também foi sentido na Índia, em Nova Deli, a cerca de mil quilômetros do epicentro. Vários edifícios de escritórios foram evacuados na capital indiana. A polícia nepalesa pediu para a população ficar fora de edifícios.

Outras cidades do Norte da Índia também foram afetadas, incluindo Bihar, onde imagens de televisão mostraram os moradores nas ruas. O terremoto de 25 de abril deixou cerca de 100 mortos na Índia.

*Matéria alterada às 8h35 para acréscimo de informação.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!