Início / Mundo / Três países suspendem voos de aviões do modelo que caiu na Espanha

Três países suspendem voos de aviões do modelo que caiu na Espanha

A força aérea da Turquia suspendeu os voos dos seus dois Airbus A400M, “por questões de segurança”, após o acidente de um avião semelhante em Sevilha, na Espanha, divulgou a agência de notícias estatal Anatólia.

O país junta-se ao Reino Unido e à Alemanha, que também decidiram suspender as operações das aeronaves desse modelo.

Quatro funcionários da Airbus morreram e outros dois ficaram feridos na queda do avião, que estava sendo testado e tinha como destino um cliente na Turquia. A aeronave seguiria em julho para a Turquia, sendo a terceira de uma série de dez encomendas de aviões do tipo que devem ser entregues até 2018.

Ao suspender os voos, o Reino Unido alegou questão de precaução. A Alemanha informou que a suspensão ocorrerá até nova ordem em contrário. O Exército francês, no entanto, continuará a usar a frota de Airbus A400M, dizendo não ter elementos nesta fase que justifiquem a suspensão.

Um dos feridos, homem de 49 anos, foi transportado para um hospital de Sevilha com traumatismo torácico. O outro ferido, cuja idade não foi divulgada, apresentava traumatismo craniano, queimaduras na face e fratura das pernas.

A aeronave caiu ontem (9) nas proximidades do Aeroporto de San Pablo, em Sevilha, logo após a descolagem. No avião havia seis pessoas, um piloto, um copiloto, um mecânico e três engenheiros, cujas identidades ainda são desconhecidas.

Maior propulsor do mundo, a aeronave militar A400M começou a ser produzida em escala industrial em 2011. O projeto do avião militar nasceu em 2003, após o acordo de sete países (Alemanha, França, Espanha, Reino Unido, Turquia, Bélgica e Luxemburgo), que concordaram em comprar 180 unidades.

O programa tinha previsto um investimento inicial de 20 bilhões de euros, mas foi aumentado em 11 bilhões de euros por causa da tecnologia envolvida na produção do modelo.

Comentários

comentários

Veja Também

EUA suspendem isenção de vistos para 38 países de três continentes

Os Estados Unidos anunciaram hoje (16) que irão modificar as regras para isenção de vistos …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!