Início / Destaques / Em sessão da Câmara, APLB denuncia problemas dos servidores da educação

Em sessão da Câmara, APLB denuncia problemas dos servidores da educação

Em mais um dia da greve nacional, professores e demais servidores da educação compareceram à Câmara Municipal de Vereadores para cobrar do poder público municipal sua pauta de reivindicações.

A presidente da APLB Sindicato núcleo de Maraú, Maria do Perpétuo Socorro, pediu a palavra na plenária da Câmara para falar à comunidade e aos vereadores sobre as reivindicações da categoria. Entre as cobranças, a presidente falou sobre pagamento do avanço horizontal dos servidores de apoio da educação, que está sendo pago erroneamente por imposição do antigo secretário municipal de educação, sr. Cláudio Bidu, além do pagamento da mudança de nível dos professores e do descumprimento do acordo de reajuste de salário dos agentes administrativos da educação. A transferência arbitrária de professores efetivos da sede do município também foi tratada na fala da presidente.

Outro problema denunciado pelo sindicato foi a contratação de pessoas sem qualquer formação na área de educação para o cargo de diretor e vice-diretor de escola, ignorando a existência de servidores efetivos capacitados e atropelando a gestão democrática da educação.

Entre os vereadores, apenas os oposicionistas apoiaram a pauta de reivindicações municipal da categoria enquanto a bancada da base do governo se limitou a discursar prestando apoio à pauta de reivindicações federal, que trata do combate à reforma da previdência.

 

Comentários

comentários

Veja Também

Nossa democracia engravidou de um desastre

por Josias de Souza em seu blog no UOL Pesquisa eleitoral é uma espécie de …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!