Início / Destaques / Professores foram às ruas de Maraú contra a reforma da Previdência

Professores foram às ruas de Maraú contra a reforma da Previdência

Cumprindo o calendário da greve nacional contra a reforma da previdência, professores e servidores da educação foram às ruas ontem (15) em Maraú, protestar contra a reforma da previdência. A greve da educação no município segue até dia 24 e tem várias reivindicações na pauta municipal, como a cobrança pelo transporte universitário, o pagamento de auxílio faculdade aos servidores, realização de concurso público, concessão de licenças prêmio, reformulação do plano de cargos e salários, além da concessão de férias aos servidores de apoio da educação.

Durante a semana os servidores se reunirão para as atividades programadas pelo sindicato durante o período de greve.

Comentários

comentários

Veja Também

Incêndio atinge estabelecimento no povoado de Ponto do Café

Um estabelecimento de madeira de propriedade do sr. Ranulfo Bispo dos Santos, às margens da …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!