Início / Destaques / Professores foram às ruas de Maraú contra a reforma da Previdência

Professores foram às ruas de Maraú contra a reforma da Previdência

Cumprindo o calendário da greve nacional contra a reforma da previdência, professores e servidores da educação foram às ruas ontem (15) em Maraú, protestar contra a reforma da previdência. A greve da educação no município segue até dia 24 e tem várias reivindicações na pauta municipal, como a cobrança pelo transporte universitário, o pagamento de auxílio faculdade aos servidores, realização de concurso público, concessão de licenças prêmio, reformulação do plano de cargos e salários, além da concessão de férias aos servidores de apoio da educação.

Durante a semana os servidores se reunirão para as atividades programadas pelo sindicato durante o período de greve.

Comentários

comentários

Veja Também

Grupo atira em 7 pessoas em Eunapolis

Três suspeitos teriam disparado tiros contra sete pessoas que estavam em uma barbearia nesta sexta-feira …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!