Início / Destaques / Península de Maraú, o paraíso natural ameaçado pelo lixo
Urubus e porcos dividem espaço com os carros na estrada| imagem registrada ontem (12) por um leitor

Península de Maraú, o paraíso natural ameaçado pelo lixo

A completa omissão do poder público municipal faz com que o lixão da BR 030, na Península de Maraú, se torne um problema cada vez mais grave. Turistas e moradores enviam para a nossa redação diariamente fotos assustadoras que revelam o tamanho do descaso. O lixo já chega a ocupar as margens da estrada, fazendo parte do cartão postal que recepciona os turistas que cruzam a BR 030 até os destinos mais procurados. Porcos e urubus já dividem espaço com os carros em trânsito na via.

Vale ressaltar que desde 20 de outubro de 2015 com o Plano de Gestão Integrada dos Resíduos Sólidos (PGIRS) sancionado, o poder público municipal assumiu a obrigação de dar uma destinação mais adequada ao seu lixo. Contudo, não há o menor esforço em cumprir o plano e o lixão que atende a Península de Maraú, que diga-se de passagem fica em área de preservação ambiental, segue acumulando lixo além de sua capacidade, tornando-se um problema ainda mais grave no verão quando o fluxo de turistas se acentua.

O município de Maraú é um dos 65 município contemplados com o título de indutores do turismo regional, mas o descaso do poder público com a correta destinação do lixo ameaçam seriamente o futuro da atividade turística no local. Moradores, empresários e turistas pedem o mínimo de atenção para resolver este grave problema que afeta negativamente a vida de todos.

Comentários

comentários

Veja Também

Polícia Militar de Maraú prende homem armado em festa no povoado de Campinhos

Ezequiel de Jesus Santos (32) foi detido durante a festa do padroeiro do povoado de …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!