Início / Brasil / Caminhoneiro morre atropelado durante manifestação no Rio Grande do Sul

Caminhoneiro morre atropelado durante manifestação no Rio Grande do Sul

O caminhoneiro Cléber Adriano Machado Ouriques, de 38 anos, morreu na manhã de hoje (28) depois de ser atropelado durante protesto na BR-392, em São Sepé, município da região central do Rio Grande do Sul. Ele participava de uma manifestação contra o aumento do óleo diesel e falta de valor mínimo de frete que fechava a rodovia.

Ouriques foi atingido por um caminhão que furou o bloqueio. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista não parou e fugiu sem prestar socorro à vítima.

A Secretaria-Geral da Presidência da República divulgou nota em que lamentou o ocorrido. “Ao mesmo tempo em que se solidariza com familiares e amigos, o governo federal reforça o compromisso e a disposição para que a normalidade volte às rodovias brasileiras”, diz a nota.

A secretaria também ressalta que as propostas anunciadas esta semana após a reunião, em Brasília, entre representantes dos caminhoneiros, empresários e governo em Brasília são o caminho para a normalização das rodovias. No encontro, o governo prometeu sancionar a Lei dos Caminhoneiros sem vetos, prorrogar por 12 meses o pagamento de caminhões por meio do Programa Procaminhoneiro e criar, por meio de negociação entre caminhoneiros e empresários, uma tabela referencial de frete. Nesse item, os representantes dos caminhoneiros pediram que o governo atue na mediação com os empresários.

Segundo levantamento da PRF, até as 7h deste sábado (28), havia 30 pontos de bloqueio, em 17 estradas federais.

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!