Início / Brasil / Justiça liberta torcedores que brigaram antes do jogo entre Vasco e Fluminense

Justiça liberta torcedores que brigaram antes do jogo entre Vasco e Fluminense

A Justiça do Rio, por decisão do desembargador da 7ª Câmara Criminal, Joaquim Domingos de Almeida Neto, determinou hoje (27) a libertação de 97 torcedores presos em flagrante por participação em brigas antes do jogo entre Fluminense e Vasco, pelo Campeonato Carioca, ocorrido no último domingo (22). O pedido foi feito por Lusenrik Sarandy Pinto, um dos torcedores envolvidos, mas favoreceu a todos.

De acordo com a decisão, a prisão dos torcedores será substituída pelo comparecimento mensal a juízo, para informar e justificar atividades. Eles serão proibidos de frequentar estádios de futebol ou terão de respeitar o perímetro de 5 quilômetros no entorno dessas arenas e de se ausentar da comarca de sua residência. Foi determinada, também, a obrigação de comparecimento, durante o curso do processo, ao prédio central da Polícia Civil e lá permanecer por duas horas antes e duas horas após os jogos dos clubes pelos quais torcem.

Na última quarta-feira (25), o juiz Marcelo de Oliveira da Silva determinou a prisão preventiva dos torcedores, que responderão pelos crimes de formação de quadrilha e violência no esporte.

Para o comandante do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) da Polícia Militar do Rio, tenente-coronel João Fiorentini, é impossível estabelecer rotas e locais de concentração para evitar um possível confronto quando os torcedores não respeitam a orientação do Gepe e ficam procurando pontos da cidade onde não acham policiamento, para brigar.

“Desde 1991, a Polícia Militar vem garantindo a segurança nos eventos esportivos que são realizados no Rio de Janeiro. Já temos uma rotina previamente estabelecida, fazemos reuniões com as torcidas organizadas e de segurança na federação de futebol. Estabelecemos rotas e pontos de encontros, na ida e na volta ao estádio, para evitar que eles [torcedores rivais] se encontrem”, disse.

No próximo domingo (1º), Botafogo e Flamengo se enfrentam, às 16h, no Maracanã em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Carioca. Para evitar problemas entre as torcidas, o tenente-coronel orienta os torcedores a chegar cedo ao estádio e entrar com antecedência. Ele ressaltou ainda que, em clássicos, os portões são abertos três horas antes do início da partida para que não ocorra uma sobrecarga no sistema de roletas, a fim de “evitar que e o torcedor perca tempo ao entrar no estádio.”

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!