Início / Brasil / Juiz Sérgio Moro determina bloqueio de bens de Nestor Cerveró

Juiz Sérgio Moro determina bloqueio de bens de Nestor Cerveró

O juiz Sérgio Moro solicitou a quebra do sigilo fiscal e determinou o bloqueio de bens de Nestor Cerveró, investigado na Operação Lava Jato. A medida se estende até o valor de R$ 106 milhões, correspondente “à suposta vantagem indevida” obtida pelo ex-diretor da Área Internacional da Petrobras. A decisão é do dia 21 de fevereiro, mas só pôde ser divulgada hoje (26).

A quebra de sigilo será feita pelo Ministério Público Federal (MPF) na Receita Federal. Conforme a decisão, o valor foi bloqueado para “recuperação do produto do crime e reparação dos danos decorrentes do crime” relacionado a Cerveró.

Ele, além do empresário Fernando” Baiano” Soares e do ex-consultor da Toyo Setal Júlio Almeida Camargo, são acusados de fazer parte do esquema de superfaturamento de contratos da Petrobras e pagamento de propinas a partidos e agentes políticos. Cerveró está preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba.

No início desta semana, o MPF denunciou Cerveró por uso do cargo na empresa para favorecer a contratação de empreiteiras, mediante o pagamento de propina, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Caberá a Moro, responsável pelos processos decorrentes das investigações da Lava Jato, decidir se aceita as denúncias.

Comentários

comentários

Veja Também

Epidemia do vírus Zika no Brasil completa um ano com desafio na área de pesquisa

Na próxima sexta-feira, (11) completa-se um ano desde que o Brasil foi oficialmente atingido por …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!