Início / Brasil / São Paulo enfrenta problemas causados pela chuva de ontem

São Paulo enfrenta problemas causados pela chuva de ontem

Um dia depois do forte temporal de ontem (25), a cidade de São Paulo enfrenta transtornos causados pela forte chuva. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências da prefeitura, a quarta-feira foi o dia mais chuvoso do ano. A precipitação chegou a 36,6 milímetros (mm), o que equivale a 17% da média prevista para o mês de fevereiro, de 214,3 mm.

Apesar de não existir mais áreas alagadas, a cidade amanheceu com 62 semáforos sem funcionar, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Ontem, foi registrado recorde de congestionamento às 19 horas. No total, 33,8% das vias monitoradas da capital, ou 294 quilômetros (km), estavam praticamente com o trânsito parado, superando o registrado em 7 de janeiro (28,7%), o que representou 181 quilômetros.

Não há mais pontos de alagamentos na cidade. No entanto, há problema de falta de energia elétrica em vários pontos da capital e da Grande São Paulo, prejudicando, inclusive, o abastecimento de água para parte da zona sul e todo o município de Embu Guaçu. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) informou que o fornecimento de energia elétrica interrompeu, às 16h de ontem, o bombeamento de água nas estações elevatórias dessa região. Ainda não há prazo para o restabelecimento.

A AES Eletropaulo, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica, informou que equipes técnicas atuam em diversos pontos. A companhia já normalizou a situação de 4 mil clientes na região do Pacaembu, na zona oeste. Nessa região, fios de alta tensão foram rompidos, após a queda de galhos de uma árvore, e lançados sobre um veículo estacionado no local. Assustado, o motorista saiu do carro e morreu após receber forte descarga elétrica. Segundo a prefeitura, 16 árvores caíram na cidade.

Na zona leste, 8 mil clientes da AES Eletropaulo ficaram sem energia por causa do rompimento de um cabo na Avenida Professor Luiz Ignácio Anhaia Mello. Além dos efeitos da chuva, um acidente de trânsito, na manhã de hoje (26), derrubou um poste no bairro de Tucuruví, na zona norte, e provocou a interrupção no fornecimento de energia.

O Corpo de Bombeiros recebeu cerca de 4,5 mil chamados na tarde dessa quarta-feira, entre pedidos de ajuda para pessoas ilhadas em alagamentos, de queda de árvore sobre carros e residências, além de fiação elétrica rompida.

A chuva também afetou a circulação de trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Um raio caiu na área da Linha 7-Rubi, que liga a Estação da Luz , no centro da cidade, ao município de Francisco Morato, a oste da Grande São Paulo, paralisando a circulação no trecho entre as estações da Luz e Pirituba.

Houve superlotação nas estações e, segundo a CPTM, usuários promoveram quebra-quebra na Estação Palmeiras-Barra Funda, na zona oeste. A polícia foi acionada e o terminal ficou fechado entre as 19h50 e as 20h20. Dois trens foram danificados o que retardou ainda mais a retomada do transporte.

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!