Início / Brasil / Polícia Ambiental resgata 81 pássaros silvestres no norte do Rio

Polícia Ambiental resgata 81 pássaros silvestres no norte do Rio

Policiais da Inteligência do Comando de Polícia Ambiental (CPAM) resgataram 81 pássaros silvestres em Campos dos Goytacazes, no norte do estado do Rio de Janeiro. A apreensão foi feita ontem (24) após denúncias ao Linha Verde, vinculada ao Disque Denúncia e responsável pela educação, conscientização e prevenção ambiental e divulgada hoje (25).

Os animais silvestres de diversas espécies, como trinca ferro, curió, tizil e papagaios, foram encontrados em uma residência no bairro de Guarus e eram mantidos em cativeiro. Duas pessoas foram detidas e encaminhadas para a 146ª Delegacia de Polícia (DP) e responderão por crime ambiental, de acordo com o Artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais (9605/98), por não terem autorização de órgão ambiental para mantê-los em cativeiro. A pena vai de seis meses a um ano de detenção e multa.

As aves foram encaminhadas pelos policiais para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), em Seropédica, na Baixada Fluminense, onde, após receberem tratamento de recuperação física, serão devolvidos à natureza.

Em outra denúncia recebida pelo Linha Verde, uma equipe da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) encontrou uma área desmatada com aproximadamente 2 mil metros quadrados em Mendes, no sul do estado. No local, foi detido um homem acusado de ser o responsável pelo crime. Ele foi encaminhado para a 97ª DP, onde a ocorrência foi registrada.

De acordo com o Disque Denúncia, em 2015, foram registradas 113 denúncias sobre guarda e comércio de animais silvestres e 69 sobre desmatamento florestal em todo o estado. Os  crimes ambientais podem ser denunciados pelo telefone 0300 253 1177 e o Linha Verde garante o anonimato ao denunciante.

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!