Início / Brasil / Anvisa proíbe venda de lotes de suplementos vitamínicos minerais

Anvisa proíbe venda de lotes de suplementos vitamínicos minerais

 A resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (25) no Diário Oficial da União proíbe a distribuição e comercialização, em todo território nacional, dos lotes do produto Suplemento Vitamínico Mineral Quelatus que contêm nicotinato glicinato de cromo e selênio glicina complexado, fabricado por Eurofarma Laboratórios S.A.

De acordo com o texto, o nicotinato glicinato de cromo e o selênio glicina complexado são substâncias não especificadas na farmacopeia brasileira, em outras farmacopeias oficialmente reconhecidas e no Food Chemical Codex (manual de padrões reconhecidos internacionalmente referente à pureza e à identidade dos ingredientes alimentícios).

“A empresa fabricante não teve segurança e eficácia das substâncias supracitadas avaliadas e aprovadas pela Anvisa”, informou a agência.

Mais duas resoluções proíbem, pelas mesmas razões, a distribuição e comercialização, em todo território nacional, dos lotes do produto Suplemento Vitamínico Quelatus Sênior que contêm nicotinato glicinato de cromo e glicinato de selênio, também fabricado por Eurofarma Laboratórios S.A., e dos lotes do produto Suplemento Mineral Cromo que contêm cromo glicina complexado, fabricado por Maxinutri Laboratório Nutraceutico Ltda.

A Agência Brasil entrou em contato com a Eurofarma Laboratórios S.A. e aguarda um posicionamento da empresa. Na Maxinutri Laboratório Nutraceutico Ltda, ninguém atendeu às ligações.

Comentários

comentários

Veja Também

Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha

do O Globo RIO — Na tarde de quarta-feira passada, Joesley Batista e o seu …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!