Início / Brasil / Rio adotará economia de água depois do carnaval

Rio adotará economia de água depois do carnaval

banner_carnaval2015

A prefeitura da cidade do Rio de Janeiro confirmou hoje (13) que adotará medidas para a economia de água e de energia elétrica. O plano, que

deverá orientar para racionalização, será anunciado depois do carnaval, afirmou o secretário de governo, Pedro Paulo. Diante dos baixos níveis dos reservatórios que abastecem o estado, o governo estadual lançou campanha na mídia alertando para o consumo consciente dos recursos hídricos.

“Já temos um conjunto de decretos [prontos], mas vamos trabalhar para esmiuçá-los e, provavelmente no final do carnaval vamos anunciá-los”, antecipou o secretário. Serão ações de “exemplo da racionalização do uso da água, e também medidas para cidades, para estimular as pessoas a usarem com eficiência e razoabilidade [água e energia].

O secretário negou qualquer forma de racionamento de água neste momento. “São medidas que independem de qualquer situação de racionamento ou de crise. São importantes para o consumo [consciente] no dia a dia”, completou Pedro Paulo. Ele participou da solenidade de abertura oficial do carnaval no Rio de Janeiro, no Palácio da Cidade, na zona sul.

Durante o evento, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, prometeu reforço na segurança e mais banheiros químicos na cidade, em comparação com o ano passado. “Todo ano temos aprimorado cada vez mais [a organização], principalmente no carnaval de rua. É um enorme desafio, é uma tarefa difícil, tem muita gente nas ruas, estava fazendo cada vez melhor”, disse. A expectativa da prefeitura é que a cidade receba cerca de 1 milhão de pessoas para os festejos.

O Rei Momo do Rio, Wilson Dias, que recebeu de Eduardo Paes, as chaves da cidade, e declarou o início do carnaval. Na ocasião, aproveitou para desejar a todos os cariocas e visitantes que aproveitem a folia. “Que renasça a espontaneidade, muita alegria mas, claro, com responsabilidade”, disse.

Além das dicas de economia, a campanha do governo estadual mostrará como ocorre o desperdício de água no banho, ao lavar as mãos, escovar os dentes, lavar calçadas, entre outras ações.

Os órgão federais também terão que economizar no ar-condicionado, nas lâmpadas, além de evitar o desperdício de água, conforme portaria publicada no Diário Oficial da União.

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!