Início / Brasil / Presidente da Autoridade Pública Olímpica pede demissão

Presidente da Autoridade Pública Olímpica pede demissão

A um ano e meio dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, o presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), general Fernando Azevedo e Silva, pediu hoje (6) demissão do cargo. A

saída de Azevedo e Silva foi informada no início da noite pela assessoria do Palácio do Planalto.

Os motivos não foram revelados. Segundo a própria assessoria, não há informações de quem o substituirá ou quando o novo nome será anunciado. Pela manhã, Azevedo e Silva chegou a se reunir com o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, em compromisso oficial.

O general esteve à frente da APO desde outubro de 2013. Ele foi o segundo presidente do órgão, em substituição a Márcio Fortes. A APO foi criada em 2011, como uma das garantias oferecidas pelo Brasil ao Comitê Olímpico Internacional (COI).

A APO é um consórcio interfederativo, formado pelo governo federal, governo do estado e prefeitura do Rio de Janeiro. O trabalho do órgão é de coordenação das ações de governos, de planejamento e entrega das obras e serviços para os Jogos Olímpicos.

 

 

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!