Início / Brasil / Radar meteorológico do Rio deve voltar a funcionar no próximo fim de semana

Radar meteorológico do Rio deve voltar a funcionar no próximo fim de semana

O radar meteorológico do Centro de Operações da prefeitura do Rio (COR) ficou dois dias sem operar neste final de semana. O radar, que é um importante instrumento de detecção

de chuvas na cidade, parou de funcionar na sexta-feira (30) e voltou a operar parcialmente ontem (1º).

Segundo o chefe-executivo do COR, Pedro Junqueira, as restrições que limitaram o monitoramento não impediram as ações. “Devido a essa situação, perdemos um pouco da capacidade de visualizar o acúmulo de chuva nas nuvens. Entretanto, temos recursos que nos permitem uma operação de contingência e assim está sendo feito até que ele volte a operar plenamente”.

Junqueira explicou que o equipamento aguarda uma peça para reposição, que já chegou ao Brasil, mas passa pelos trâmites de desembaraço na alfândega. A previsão é de que o radar volte a funcionar normalmente até o fim desta semana. O aparelho continua funcionando em apenas uma posição, sem a possibilidade de obter imagens de outras regiões.

De acordo com o COR, cerca de seis árvores caíram durante a forte chuva, na noite de ontem na cidade (1°) e mais de 50 pontos de alagamentos foram identificados em diversas vias. Um imóvel desabou no centro da cidade.

Com o alto índice pluviométrico, o município entrou em Estágio de Atenção por volta das 21h20. Segundo o COR, foram acionadas 11 sirenes do Sistema de Alerta e Alarme nas comunidades Nova Brasília, Palmeiras, Parque Alvorada, Cariri, Jardim do Carmo, Morro da Fé, Frei Gaspar, Caixa D’água, Sereno, Relicário e Vila Matinha; todas localizadas no Complexo do Alemão, na zona norte. Um dos protocolos de acionamento dos equipamentos registrou 40 milímetros em uma hora, o que pode deixar a encosta vulnerável a deslizamentos.

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!