Início / Brasil / Com quase 700 casos de sarampo, Ceará intensifica vacinação

Com quase 700 casos de sarampo, Ceará intensifica vacinação

O Ceará já registrou 691 casos confirmados de sarampo desde o início do surto, em dezembro de 2013. Do total, 187 casos (27%) são em crianças menores de 1 ano, sendo

64 casos em crianças com menos de 6 meses. Ao todo, 29 municípios foram atingidos pelo surto. A Secretaria de Saúde intensificou a campanha de vacinação e reforçou a importância da imunização a partir dos 6 meses de vida.

Na semana passada, consultores da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde estiveram na capital, Fortaleza, para acompanhar, reforçar e apoiar ações de controle da doença no Ceará. O estado promoveu ainda uma reunião entre secretários de saúde municipais na tentativa de mobilizar gestores e profissionais de saúde para a imunização.

De acordo com a Secretaria de Saúde, organismos internacionais estabelecem o prazo de 90 dias sem registros de ocorrências em relação à data do último caso confirmado para considerar o surto encerrado. Este ano, nove casos de sarampo foram contabilizados no Ceará – seis em Fortaleza, dois em Caucaia e um em Aquiraz.

O próprio estado admite que o surto pode comprometer a conquista do certificado de erradicação da doença nas Américas, que estava em vias de ser alcançado. O próximo boletim epidemiológico deve ser divulgado na sexta-feira (30). Antes de dezembro de 2013, o estado estava há 15 anos sem registrar casos de sarampo.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa, muito comum na infância. A infecção provoca vasculite generalizada [vesículas], responsável pelo aparecimento das diversas manifestações clínicas. Além disso, em crianças desnutridas e menores de 1 ano, o sarampo é ainda mais grave.

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!