Início / Brasil / Mais um preso é morto durante tumulto em presídio de Pernambuco

Mais um preso é morto durante tumulto em presídio de Pernambuco

Mais um preso foi morto hoje (20), durante novo tumulto no Complexo Prisional do Curado, no Recife (PE). O local foi palco, ontem (19), de um tumulto que resultou nas

mortes de um sargento da Polícia Militar (PM) e de um detento, além de 29 presos feridos.

A morte de hoje foi confirmada esta tarde pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, mas o nome do detento não foi divulgado. De acordo com o governo, o tumulto está sob controle. No entanto, imagens do local divulgadas pela imprensa pernambucana mostram que, até o fim do dia, um grupo de presos ocupava parte do telhado do complexo.

O secretário de Justiça, Pedro Eurico, dará mais informações sobre a ocorrência em uma entrevista coletiva.

O novo protesto no Complexo do Curado, antigo Aníbal Bruno, começou por volta das 9h30, horas após o princípio de rebelião dessa segunda-feira ser controlado. Perto das 11h30 de hoje, a PM informou à Agência Brasil que a situação estava sob controle, não exigia a intervenção policial (embora militares de vários grupamentos e companhias estivesse de prontidão, no interior da unidade) e que, até aquele momento, não havia registro de confrontos entre presos e agentes penitenciários ou policiais. No início da tarde, a situação voltou a ficar tensa.

Durante a rebelião de ontem, os presos se queixavam da superlotação dos estabelecimentos prisionais pernambucanos e das péssimas condições das unidades do sistema carcerário.

Além do protesto no Curado, outro tumulto foi registrado na Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, região metropolitana do Recife. Policiais militares foram acionados para reforçar a segurança, mas, de acordo com a PM, até o início da tarde, a “manifestação” dos presos era pacífica e não tinha sido necessário o uso da força de contenção.

Comentários

comentários

Veja Também

Epidemia do vírus Zika no Brasil completa um ano com desafio na área de pesquisa

Na próxima sexta-feira, (11) completa-se um ano desde que o Brasil foi oficialmente atingido por …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!