Início / Brasil / PF deflagra operação contra grupo acusado de falsificar dinheiro em Porto Alegre

PF deflagra operação contra grupo acusado de falsificar dinheiro em Porto Alegre

dinheiro

O grupo, alvo da PF, fabricava cerca de R$ 100 mil por mês em notas falsas, que eram negociadas pelas redes sociaisArquivo/Agencia Brasil

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã de hoje (30), a Operação Inkjet 2, com o objetivo de desarticular grupo que falsificava dinheiro em Porto Alegre. Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva, dois de busca e apreensão e dois de condução coercitiva na capital gaúcha, em Osório (RS) e em Guapó (GO).

Segundo a investigação, o grupo fabricava cerca de R$ 100 mil por mês em notas falsas. O dinheiro era negociado por meio das redes sociais com compradores de todo o Brasil. A Polícia Federal classificou “de ótima qualidade” a falsificação feita pelos envolvidos.

O suspeito apontado como responsável pela fabricação das notas já havia sido preso durante a Operação Inkjet, em 2010, e condenado pela Justiça Federal. A pena prevista para o crime de falsificação de moeda nacional é de 3 anos a 12 anos de prisão.


fonte: Agência Brasil

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!