Início / Brasil / Manifestanes pró e contra impeachment continuam chegando a Brasília

Manifestanes pró e contra impeachment continuam chegando a Brasília

Brasília - Manifestantes contra o impeachment se concentram perto do ginásio Nilson Nelson antes do início da votação na Câmara dos Deputados (Elza Fiúza/Agência Brasil)

Brasília – Manifestantes contra o impeachment se concentram perto do estádio Mané Garrincha antes do início da votação na Câmara dos Deputados Elza Fiúza/Agência Brasil

No dia em que a Câmara dos Deputados vai votar a admissibilidade do processo do impeachment da presidente Dilma Rousseff, a movimentação em Brasília nos acampamentos de grupos contra e a favor do processo não para. Na noite de ontem os acampamentos continuavam recebendo pessoas vindas de todo o país.

“Essa madrugada mesmo foram mais de dez ônibus só do nosso movimento da juventude do PT e a gente está tentando conseguir fazer um acolhimento dos companheiros e das companheiras” conta Najara Leite, integrante da organização do acampamento contra o impeachment, montado no estacionamento do estádio Mané Garrincha. Segundo ela, a estimativa inicial de de 5 mil pessoas acampadas foi alterada, com a chegada de mais ônibus nesta madrugada.

Os manifestantes acampados contam com o apoio e a solidariedade de quem chegou antes, dos organizadores e também da comunidade. A universitária Pétala Monteiro, veio de São Luís e agradeceu o apoio da população da cidade: “a galera de Brasília está doando alimentos e sendo muito solidária. E fazendo que ninguém passe fome, nem necessidade”.

Um caminhão pipa faz o abastecimento de água para o acampamento, que conta com banheiros químicos. Voluntários se revezam para organizar a rotina no acampamento em atividades com cozinhar e distribuir as refeições.

Durante o dia e a noite, o acampamento conta com diferentes atividades e, segundo os integrantes, o clima é de integração. De acordo com eles a noite passada foi tranquila e dedicada ao descanso.

Na manhã de hoje o clima é de confiança. A movimentação dos acampados em direção à Esplanada dos Ministérios para acompanhar a votação está prevista para o início da tarde, logo após o almoço. “A minha expectativa é que todos, realmente comecem a refletir e reconhecer que a gente é capaz de mudar quando decide lutar” disse a estudante Yana Andrade, que chegou nesta madrugada ao acampamento.

Parque da Cidade

Brasília - Manifestantes pró-impeachment se concentram no Parque da Cidade antes do início da votação na Câmara dos Deputados (Elza Fiúza/Agência Brasil)

Brasília – Manifestantes pró-impeachment se concentram no Parque da Cidade antes do início da votação na Câmara dos Deputados Elza Fiúza/Agência Brasil

 

No Parque da Cidade está montado o acampamento dos que são a favor do impeachment e que também continua recebendo gente: “está chegando uma caravana atrás da outra. Chegaram dois ônibus e tem mais a caminho. Isso aqui vai ferver de gente”, disse Gilson Diniz, da organização do acampamento. Ele estima que entre 350 e 700 pessoas estão acampadas no local.

Por lá, as doações vindas da população também não param de chegar. “A alimentação está sendo bem distribuída,  tá tendo muitas doações, o pessoal chega e pergunta se estamos precisando de alguma coisa”, conta a professora mineira Teófila Sales, que chegou na sexta-feira de Belo Horizonte.

Assim como no outro acampamento, o trabalho de distribuição de comida é organizado pelos voluntário e na hora do banho o grupo usa os banheiros públicos que existem no parque.

Na noite passada, os integrantes do acampamento preferiram descansar.  “A madrugada foi tranquila, chega uma certa hora o pessoal dorme. Às vezes tem um grupo que está cantando mas depois todo mundo vai dormir” conta Teófila.

Apesar do clima tranquilo nos dois acampamentos, os integrantes de ambos os lados relatam xingamentos de pessoas que passam pelo local. Até agora, no entanto, nenhum registro grave foi feito.

A previsão dos dois lados é de que os integrantes dos acampamentos desçam para Esplanada após o almoço, para acompanhar a votação da admissibilidade do impeachment.


fonte: Agência Brasil

Comentários

comentários

Veja Também

Justiça nega pedido de suspensão e mantém Enem em duas datas diferentes

do UOL A juíza Federal Elise Avesque Frota, substituta da 8ª Vara Federal do Ceará, …

Deixe uma resposta