Início / Brasil / Muro na Esplanada dos Ministérios é pichado antes do julgamento do impeachment

Muro na Esplanada dos Ministérios é pichado antes do julgamento do impeachment

O Governo do Distrito Federal ergueu, no último fim de semana, um muro com tapumes de aço no meio do gramado da Esplanada dos Ministérios para que manifestantes favoráveis e contrários ao pedido de impeachment possam acompanhar a votação do impeachment no próximo domingo, cada um de um lado. No entanto, a estrutura foi pichada e recebeu cartazes que pedem a tolerância e o fim da segregação.

Entre as pichações, figuram mensagens como “Tolere”; “Bora se Amar”; “Política não é o bem vs. o mal”; e “Olhem a que ponto chegamos!”. Nos cartazes podem ser lidas, além de manifestações pró-impeachment, críticas em relação ao muro, como “Muro de Berlim”; “Fora segregação”; e “Muro da vergonha”.

Com dois metros de altura e um quilômetro de comprimento, o muro está posicionado no meio de um corredor de 80 metros de largura onde ficarão as forças de segurança. Os manifestantes devem se posicionar seguindo a lógica daqueles contra o impeachment (do lado norte) e a favor do impeachment (do lado sul da Esplanada).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Paz Social do Governo do Distrito Federal, a colocação do alambrado é para impedir a visibilidade e o contato entre os grupos contrários e reduzir a chance de provocações e embates.


fonte: Agência Brasil

Comentários

comentários

Veja Também

Justiça nega pedido de suspensão e mantém Enem em duas datas diferentes

do UOL A juíza Federal Elise Avesque Frota, substituta da 8ª Vara Federal do Ceará, …

Deixe uma resposta