Início / Brasil / Iraque: coligação internacional bombardeia centros de comando do Estado Islâmico

Iraque: coligação internacional bombardeia centros de comando do Estado Islâmico

Aviões da coligação internacional bombardearam quatro centros de comando do grupo extremista Estado Islâmico (EI) em Mossul, no Norte do Iraque, em um sinal de que a campanha se intensificou. O anúncio foi feito hoje (12) pelo ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian.

“Nós estamos tentando cercar Mossul para preparar a batalha, que será dura. A melhor prova disso é que, há dois dias, as forças da coligação conseguiram bombardear os centros de comando na própria cidade de Mossul com a participação da aviação francesa”, declarou Le Drian a jornalistas, durante uma visita ao Iraque.

A operação ocorreu na madrugada de domingo e envolveu dez aviões, incluindo quatro franceses, com o objetivo de destruir quatro “centros nevrálgicos”, disse o ministro na cidade de Erbil, que fica a 80 quilômetros de Mossul.

O comando norte-americano para a área do Oriente Médio informou sobre a realização de oito ataques da coligação sobre a região de Mossul no sábado (9), e de quatro no domingo (10), que visaram unidades táticas e infraestruturas de comunicação do movimento extremista EI.

Na segunda-feira (11), durante uma visita surpresa a Bagdad, Le Drian apelou para que se aumente a pressão sobre o Estado Islâmico para tomar os seus principais redutos: Mossul, no Iraque, e Raqa, autoproclamada capital do grupo na Síria.

“Podemos dizer que Mossul vai cair até ao final de 2016. Em todo o caso, é isso que espero e que esperam todos os líderes políticos que encontrei aqui”, disse o ministro da Defesa.

“O objetivo de erradicar o Estado Ilâmico talvez antes do final do ano no Iraque é possível. Não digo que seja uma certeza, mas é possível”, acrescentou o Le Drian.


fonte: Agência Brasil

Comentários

comentários

Veja Também

Justiça nega pedido de suspensão e mantém Enem em duas datas diferentes

do UOL A juíza Federal Elise Avesque Frota, substituta da 8ª Vara Federal do Ceará, …

Deixe uma resposta