Início / Brasil / Norte Energia rebate denúncia de propina envolvendo a Hidrelétrica de Belo Monte

Norte Energia rebate denúncia de propina envolvendo a Hidrelétrica de Belo Monte

A Norte Energia, empresa concessionária da Usina Hidrelétrica Belo Monte, divulgou hoje (8) comunicado para esclarecer as notícias veiculadas sobre a delação premiada de ex-dirigentes da Andrade Gutierrez que teriam mencionado a obra em um suposto esquema de propinas. A empresa diz que não conhece o teor das delações e que tem como princípios “trabalhar dentro da legalidade e respeitando todas as normas vigentes”.

“A Norte Energia lamenta que a Usina Hidrelétrica Belo Monte venha sendo citada em notícias levianas, frutos de vazamentos, sem comprovação legal, sem provas ou evidência de irregularidades na execução da obra e espera que os fatos sejam devidamente esclarecidos”, diz a empresa

A hidrelétrica foi citada em reportagem publicada na edição de ontem (7) do jornal Folha de S.Paulo sobre a delação premiada do ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo. Segundo a reportagem, Azevedo informou aos procuradores que a empreiteira fez doações legais às campanhas de Dilma Rousseff em 2010 e 2014, utilizando “propina oriunda de obras superfaturadas”, inclusive no contrato de Belo Monte.

Na nota, a Norte Energia diz que adota padrões rigorosos de gestão e que se submete a auditorias periódicas internas e independentes. Segundo a concessionária, todos os contratos acima de R$ 500 mil têm que ser aprovados pela diretoria da empresa e os contratos com valores acima de R$ 5 milhões dependem de análise e aprovação prévia do Conselho de Administração da companhia.

A Andrade Gutierrez fazia parte do consórcio que perdeu o leilão para a construção de Belo Monte, em abril de 2010, mas, posteriormente, integrou o Consórcio Construtor de Belo Monte, contratado pela Norte Energia para a execução das obras civis da usina.

Segundo a Norte Energia, o Consórcio Construtor Belo Monte tem CNPJ próprio e foi constituído exclusivamente para as obras civis do empreendimento. “É importante ressaltar que não há contratos individuais de construtoras com a Norte Energia”, disse a empresa, que informou não ter nenhuma empresa ligada à construção civil entre seus acionistas.


fonte: Agência Brasil

Comentários

comentários

Veja Também

Justiça nega pedido de suspensão e mantém Enem em duas datas diferentes

do UOL A juíza Federal Elise Avesque Frota, substituta da 8ª Vara Federal do Ceará, …

Deixe uma resposta