Início / Brasil / Mulher morre soterrada após deslizamento em Salvador

Mulher morre soterrada após deslizamento em Salvador

Uma pessoa morreu e outra ficou ferida após o deslizamento de terra em uma encosta próxima ao Elevador Lacerda, um dos pontos turísticos mais conhecidos de Salvador, na manhã de hoje (20).

Seis casarões históricos foram atingidos e um ficou completamente destruído.

O incidente aconteceu por volta das 7h, após mais uma madrugada de chuva forte na capital baiana. A terra cedeu na Ladeira da Montanha, um dos principais pontos de ligação enter as partes alta e baixa do Centro Histórico, próximo ao Pelourinho.

Com a nova ocorrência, subiu para 21 o número de mortes na cidade causadas por desabamentos ou deslizamentos desde o fim de abril. Desde 25 de abril chove diariamente em diferentes pontos de Salvador, de acordo com a Defesa Civil, e há previsão de mais chuva para hoje.

Nesta quarta-feira, a Defesa Civil da cidade registrou 203 ocorrências por causa da chuva, sendo 56 deslizamentos de terra. O órgão mapeou cerca de 600 áreas de risco na cidade e a prefeitura tem feito pedidos para que pessoas deixem residências que apresentam risco de desabamento.

Mais de 1,9 mil famílias já foram cadastradas para receber benefícios do executivo municipal, como auxílios-moradia. Pelo menos 700 funcionários da Defesa Civil estão envolvidos na Operação Chuva, atuando 24 horas, por meio de escalonamento em turnos.

Na última segunda-feira (18), foi autorozado a transferência de recursos no valor de R$ 1,7 milhões para ações de defesa civil na capital. Mais duas cidades, Santo Amaro e Candeias, no Recôncavo Baiano, também já tiveram situação decretada e pedido atendido. Lauro de Freitas, cidade próxima a Salvador, já decretou situação de emergência e aguarda recursos.

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!