Início / Brasil / Luiz Santini deixa a diretoria do Instituto Nacional do Câncer

Luiz Santini deixa a diretoria do Instituto Nacional do Câncer

Depois de nove anos à frente do Instituto Nacional do Câncer (Inca), Luiz Antônio Santini deixou a diretoria geral do instituto. Por enquanto o cargo será ocupado interinamente pelo vice-diretor do hospital, Reinaldo Rondinelli.

O Ministério da Saúde, à quem o hospital é subordinado, ainda não emitiu nota oficial, mas confirma a saída do diretor e que Rondinelli assume o cargo interinamente.

Segundo nota da Associação dos Funcionários do Instituto Nacional do Câncer, a saída de Santini foi decidida em reunião entre a diretoria do hospital e a Secretária de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Lumena Furtado, na tarde de ontem (13).

O Inca passou por uma greve no ano passado, na qual funcionários denunciaram a falta de medicamentos e insumos. Ainda em 2014, o Ministério Público Federal (MPF) moveu ação contra Santini por contratação irregular de terceirizados. Na ação, o MPF defende que, nos últimos anos, o Inca vem contratando terceirizados para executar funções de médicos, técnicos em enfermagem e fisioterapeutas, por intermédio da Fundação Ary Frauzino .

Em 2012, a Justiça, acatando pedido do MPF, concedeu liminar proibindo novas contratações de terceirizados pelo hospital e obrigando a imediata nomeação de aprovados nos concursos públicos. No entanto, segundo o Ministério Público, o instituto descumpriu a ordem judicial e contratou 64 funcionários, sem concurso.

Comentários

comentários

Veja Também

Epidemia do vírus Zika no Brasil completa um ano com desafio na área de pesquisa

Na próxima sexta-feira, (11) completa-se um ano desde que o Brasil foi oficialmente atingido por …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!