Início / Brasil / Rio de Janeiro tem meta de imunizar 4,1 milhões de pessoas contra gripe

Rio de Janeiro tem meta de imunizar 4,1 milhões de pessoas contra gripe

O estado do Rio de Janeiro tem a meta de vacinar cerca de 4,1 milhões de pessoas contra a gripe, o que representa 80% do público-alvo. Hoje (4), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, do Ministério da Saúde, foi iniciada no estado pelo município de São Gonçalo, na região metropolitana.

No ano passado, em todo o país, 83,98% do público-alvo foi vacinado, superando a meta de 80% do ministério.

O grupo prioritário que pode receber a vacina é composto por crianças entre seis meses e cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; povos indígenas; gestantes; mulheres até 45 dias após o parto; detentos e presidiários e funcionários do sistema prisional, além de profissionais da área de saúde e doentes crônicos. As únicas contraindicações são a alergia aos componentes da vacina, principalmente à proteína do ovo, e os portadores de doenças neurológicas em atividade.

Em São Gonçalo, a campanha começou na Clínica da Família do bairro Mutondo, por ter um grande número de pessoas na região que se enquadram no grupo prioritário, segundo o secretário de Estado de Saúde, Felipe Peixoto. “Aqui em São Gonçalo a previsão é que 220 mil moradores recebam a vacina por estarem classificados nesse grupo que nós estamos atendendo para vacinação. Mas são 1.500 postos de saúde distribuídos em 92 municípios fazendo esse atendimento à toda população”, disse.

A vacina protege contra os principais tipos de vírus da gripe que mais circularam no último inverno:  influenza A H1N1 (gripe suína); influenza A H3N2 e influenza B. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, se a gripe não for tratada, pode gerar complicações que provocam entre 250 mil e 500 mil mortes por ano e milhões de internações. As complicações mais comuns são pneumonia, infecção no ouvido (otite) e inflamação nos brônquios (bronquite).

Para o secretário, é importante mobilizar e conscientizar a população sobre a importância da campanha. “A gripe é uma doença aparentemente simples, mas que pode evoluir para formas mais graves, principalmente entre crianças e idosos. A prevenção é a forma mais segura de evitar complicações, se você ou seu filho estiver inserido nesse grupo, procure um posto de saúde para receber a vacina e, com isso, evitar uma internação ou problemas que venham a agravar o quadro da gripe”.

Para o aposentado Francisco Rodrigues, de 69 anos, a vacina é eficaz e previne a gripe e suas complicações. “Eu venho tomar a vacina todo ano e trago a minha esposa. Desde que eu comecei a tomar nunca mais fiquei gripado. Eu vi que hoje ia começar a campanha, mas não sabia se aqui no posto eles iriam aplicar. Eles estão aplicando e eu aprovetei que não tinha fila e já me vacinei”, disse.

Comentários

comentários

Veja Também

Prazo para pagamento do Simples Doméstico é prorrogado até 21 de novembro

O Diário Oficial da União publicou a portaria que prorroga para 21 de novembro o …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!