Início / Bahia / Mundial de Surf em Itacaré terá ações voltadas para preservação ambiental

Mundial de Surf em Itacaré terá ações voltadas para preservação ambiental

Considerado como um dos mais importantes eventos de surf do Brasil, o Mundial QS1.500 masculino, que acontecerá entre 26 e 29 de outubro, na praia da Tiririca, em Itacaré, terá como um grande diferencial um conjunto de ações voltadas para a preservação do meio ambiente. Todo esse trabalho voltado para a sustentabilidade vem sendo elaborado de forma coletiva envolvendo representantes da Secretaria do Meio Ambiente, do Instituto Floresta Viva, Inema, Recicla Itacaré, Mecenas da Vida, Associação de Surf de Itacaré, Instituto Baleia Jubarte, Parque Estadual Serra do Conduru e Embaúba que estão traçando as estratégias e as metas não somente para a coleta de resíduos, como também de conscientização dos atletas, itacareenses e turistas para a preservação e responsabilidade com o meio ambiente.

Durante todo o evento serão realizadas ações educativas envolvendo turistas, atletas e a comunidade itacareense sobre a forma correta de reduzir os resíduos, reciclar, reutilizar e acondicionar corretamente. Também serão montados estandes com materiais reciclados, apresentações de projetos, exposições artísticas e realização de dinâmicas voltadas para a preservação ambiental. Outra ação importante será o envolvimento dos estudantes das escolas públicas e particulares de Itacaré e Taboquinhas nos trabalhos de conscientização e preservação e nos projetos ambientais. Além de visitar o local do mundial de surf, conhecer os estandes e participar de dinâmicas, os alunos farão o plantio de arvores e posteriormente poderão acompanhar do crescimento dessas plantas

Realizado pela World Surf League (WSL) a etapa do mundial de surf de Itacaré vai distribui US$ 20 mil em prêmios e vais trazer para a cidade surfistas de vários países, colocando mais uma vez o município como uma referência internacional do esporte. O retorno do mundial de surf para Itacaré foi uma ação do prefeito Antônio de Anízio e do diretor de planejamento Kleber Miranda, que desde o mês de fevereiro vem se reunindo com representantes da WSL South América, empresa responsável pelo evento, manifestando o desejo da cidade voltar a sediar o mundial. De acordo com o prefeito, Itacaré é hoje conhecida a nível internacional pelo surf e não poderia continuar de fora do mundial, não somente pelo incentivo ao esporte, mas pelo retorno que eventos como esse traz para o turismo local, movimentando a economia da cidade.

A proposta é mostrar que além de ser a capital mundial do surf, possuir belezas naturais incomparáveis, Itacaré também será destaque por realizar ações educativas de preservação do meio ambiente. O Mundial QS1.500 masculino e o Itacaré Surf Sound Festival conta com o apoio da South to South, Associação de Surf de Itacaré, Governo da Bahia, Instituto Floresta Viva, Pousada Terra Boa, Faculdade Madre Thaís e Grou Turismo.


fonte: Ubaitaba.com

Comentários

comentários

Veja Também

Camamu terá Posto Avançado do Detran. Prefeita Vistoria obras

A prefeita Ioná Queiroz, vereadores e Rafaela Carcez do Detran/BA,  estiveram na manhã desta sexta-feira, …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!