Início / Bahia / Infestação do Aedes aegypti aumenta em Itabuna e Saúde prepara campanha de mobilização

Infestação do Aedes aegypti aumenta em Itabuna e Saúde prepara campanha de mobilização

De posse dos números da pesquisa (LIRAa) que mede a infestação domiciliar pelo mosquito transmissor da dengue, que subiu de 11,6% (ou/2014) para 17,7% em janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde

– SMS prepara uma grande mobilização.Aumento na infestação pelo Aedes aegypti leva a intensificação do combateFoto Gabriel de Oliveira (2)

A mobilização será para mostrar à população a importância de intensificar os cuidados e a prevenção, como única forma de evitar uma epidemia da dengue no município. Outra preocupação da Secretaria Municipal de Saúde é a Chikungunya, doença transmitida pelo mesmo mosquito da dengue.

A campanha da SMS está programada para a segunda semana de fevereiro, com lançamento durante a Lavagem do Beco do Fuxico e deverá constar de materiais informativos, utilização de carros de som e visitas domiciliares com orientação no sentido de evitar a produção de larvas e mosquitos (cabeças de prego), dentro de tanques, tonéis, caixas d´água e todo material que possa acumular água.
O aumento de 6,1% na infestação pelo mosquito em relação aos resultados de outubro do ano passado como aponta o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes – LIRAa, aponta uma condição de alto risco para a transmissão da dengue, segundo o Departamento de Vigilância em Saúde da SMS, já que houve aumento do LIRAa em 93% dos bairros dos 57  bairros pesquisados. As áreas que apresentaram maior infestação domiciliar pelo mosquito da dengue foram os bairros Carlos Silva (36,66%), Fonseca (35,18%), Santo Antônio (30,1%) e Sarinha Alcântara (38,23%).

Comentários

comentários

Veja Também

Bruno Reis, o coelho da cartola de ACM Neto nas eleições de 2018

O vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (PMDB), saiu de “mais um político” a possível prefeito …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!