Início / Bahia / Policlínica do Baixo Sul foi discutida em Gandu nesta quinta-feira(06). Ioná Queiroz marcou presença

Policlínica do Baixo Sul foi discutida em Gandu nesta quinta-feira(06). Ioná Queiroz marcou presença

Na manhã desta quinta-feira (06), a prefeita Ioná Queiroz e mais 11 prefeitos do Baixo Sul se reuniram na cidade de Gandu a fim de discutir como  será a implantação e funcionamento da Policlínica do Baixo Sul.

A Policlínica será construída pelo Governo do Estado na cidade de Valença, mas será gerida pelos municípios através do Consórcio Interfederativo de Saúde  de municípios que foi formado nesta reunião, na qual o prefeito de Gandu, Leonardo Cardoso, foi escolhido para ser o presidente e responsável pela gestão da Policlínica. A prefeita Ioná Queiroz se fez presente para garantir os direitos da cidade de Camamu.

Com essa Policlínica, toda a região sairá ganhando. A construção da  Policlínica deverá ser no antigo Centro Social Urbano (CSU) no bairro da Graça. De acordo com o coordenador dos consórcios da Saúde na Bahia, Nelson Portela, o equipamento terá investimento do Governo do Estado na ordem de 12 milhões e a manutenção mensal será de aproximadamente R$ 610 mil com uma divisão de 40% que será pago perlo Governo do Estado e os outros 60% pelos consorciados.

Serão ofertados na Policlínica exames de  Cardiologia, ECG, Holter, Mapa, Ecocardiografia, Ergometria, Gastroenterologia, Endoscopia digestiva, Colonoscopia, Angiologia (sala de pé diabético), Cirurgia Geral (biopsias). A Policlínica irá disponibilizar equipamentos de Eletroencefalográfico, Eletroneuromiografo,  Ultrasonografo, Mamógrafo e Ressonância.

A construção da Policlínica em Valença, vai atender os seguintes municípios: Camamu, Cairu, Igrapiuna, Teolândia, Piraí do Norte, Nova Ibiá, Ituberá, Wenceslau Guimarães, Gandu, Taperoá, Nilo Peçanha.

“A construção dessa Policlínica em Valença é um grande avanço para nós camamuenses pois  nossa região é carente de serviços mais complexos na área de saúde, alguns tipos de exames de alta complexidade. Muitas vezes nossas famílias tinham que se deslocar para Salvador e Valença é muito mais perto para nós, pouco mais de 70 km. Temos que nos unir para garantir uma saúde melhor para nossa cidade”. Finaliza a prefeita Ioná Queiroz (Ascom/Camamu)


fonte: Ubaitaba.com

Comentários

comentários

Veja Também

Bebeto visita Ubaitaba e se compromete a doar 2 ônibus universitários

O deputado Bebeto Galvão (PSB) da base aliada da prefeita Suka (PSB) esteve visitando a …

Deixe uma resposta

error: Conteúdo pertence ao grupo Maraú Notícias!